< Voltar

Artigos

As narrativas que compartilhamos em tempos de pandemia

A vida imita a arte. E vice-versa. O cenário que estamos vivendo com a pandemia do coronavírus é coisa de filme, de livro, de videogame. O mundo imaginário criado em tantas obras como “A Peste”, de Camus, ou “Ensaio sobre a cegueira”, de José Saramago, ou ainda do filme “Guerra Mundial Z” e da série “The walking dead”, invadiu o nosso cotidiano e de repente percebemos que não há soluções mágicas para vencermos essa crise. E o que é pior: o final feliz não parece garantido.


Continue lendo...

Compartilhar